29 de março de 2013

"Pascoa não é coelhinho de chocolate... Pascoa é ressurreição."

Imagem google

Lembro-me muito bem da época de páscoa passadas, o quanto era um motivo de alegria e comemorado de uma forma totalmente diferente de como se festeja hoje. A semana santa começava com o domingo de ramos e lá íamos nós a procissão com palmas na mão na maior alegria, quando criança era um pouco polemica, pois não achava certo eu ir e meu avô ficar em casa, vovó dizia que ele não era católico e eu dizia que também não era, mesmo assim ela me fazia ir, é muito complicado cada um pensar de uma maneira perto de uma criança curiosa.

Logo na segunda feira que também era santa como minha querida e fofa Tina dizia, mas não recordo do porque, mas a terça era Sete dores de Nossa Senhora. Quais eram essas dores também não me recordo. Na quarta feira santa era o oficio das trevas. Quinta feira era a ceia e lá estávamos na missa, menos meu avô. Na sexta feira da paixão íamos novamente para a igreja e ficávamos para a vigília, levava um cobertor e colocava embaixo do banco e ficavas rezando, quando já estava cansada me deitava embaixo do banco onde minha avó estava sentada e pegava no sono. Detalhe nesta semana santa não comíamos carne e nem era permitido assistir televisão ou escutar musicas, a casa ficava em perfeita comunhão, minha avó rezava o terço cinco vezes e na terceiro eu poderia ir dormir. No domingo de páscoa não ganhávamos o tal do chocolate e havia uma bela refeição feita para todos do sitio, era montada uma mesa no pátio da casa e era aquela alegria, sempre chagava as visitas, parentes de outra cidade. Logo fui embora de casa e lembro-me quando fui passar as ferias com minha avó, meu avô já havia falecido, era bem na sexta feira estava terminando uma novela que acompanhava e queria ver o fim, mas minha avó proibiu da televisão ser ligada, pensa que eu falei alguma coisa? De forma alguma o respeito que sentia por ela era tão grande que me calei, mas que fiquei aborrecida fiquei mesmo. 

O respeito que tinha era muito forte e apesar de discordarmos de varias coisas nunca entrava em uma discussão achava que não valia a pena. Ela sempre foi uma excelente pessoa e nunca deixou de seguir suas tradições. 

Hoje algumas coisas que aconteciam naquela época me são fortes em minha mente, não participo de nenhuma igreja, mas o respeito que tenho por este dia e a maneira das pessoas conduzirem e acreditarem que tem que ser assim, não pode comer carne e nem fazer festa na quaresma, me faz ter um enorme respeito e uma admiração. Afinal porque não desligar a televisão e deixar um dia para estar em sintonia com Deus, não faz mal algum, alimenta a alma e nos dá tranquilidade. A casa fica tranquila e a família entra em sintonia para um bem maior.. União e paz.

Hoje é um dia de tristeza, faleceu uma prima minha seu nome era o mesmo que o meu, nossos pais não tinham muita comunicação. Ela era a Vera loira e eu a morena. Há mais ou menos um ano ela descobriu um câncer e foram dias de muita luta. Não o câncer não venceu, penso que sua hora de viajem por aqui teria que ter um fim, como para todos nós e hoje com certeza é festa no céu pelo retorno de uma filha, para quem fica é uma dor...Meu carinho a família.

Imagem google

Meus queridos amigos, parceiros e visitantes, eu e minha família desejamos a você e sua família uma pascoa abençoada. Que estes dias sejam de muita paz, amor e que tenham saúde em abundancia, pois com a saúde temos tudo. Agradeça a Deus por estares bem.

Deixo uma frase da vó Tina:

"Pascoa não é coelhinho de chocolate. 
Pascoa é ressurreição."

Tina.

26 de março de 2013

UMA LIBERDADE AMEAÇADA.



A liberdade esta ameaçada, proeza de um bicho preguiça que sem se preocupar procurar por alimento nos lugares mais perigosos e sem temor não desiste de sua busca. Tudo ao seu redor esta tomado, já não mais haverá um espaço seguro, vive a própria sorte. Ontem foram os índios aqueles que os respeitava amanhã a fauna seu lugar favorito para encontrar seu sustento. Tudo mais esta sendo extinto e quase ninguém percebe isso, os poucos que ajudam lutam para mudar a situação, mas será que é o suficiente? Coisas mais importantes estão acontecendo. O PROGRESSO... Tão grandioso progresso e todo resto esta se deteriorando e chega a bater o coração descompassado com medo. Medo do futuro, medo das próximas gerações onde se é permitido comer comidas exóticas, hummm... Uma perna de passarinho não seria nada mal. Há! Um bicho preguiça dá uma força descomunal ao homem que deixou de ter potencia e tantos outros absurdos que haveremos de ouvir... Será que uma lasquinha de humano faria com que este pobre bicho preguiça subisse em uma arvore cada vez mais alto e veloz? Quem sabe...

Infelizmente um fato marcante em Muaná do qual posso destacar aqui é a matança de bichos preguiças em Muaná e quase em todo Pará. Infelizmente é algo que não tem fiscalização, quando reclamado por minha pessoa dizem que é a cultura do povo. Quando morava na Fabrica, via muitos ribeirinhos levando palmito e sempre com uma ou duas preguiças amarradas, as quais seriam seu almoço. Muitas ganhei ao pedir e logo as soltava na mata, onde é proibido caçar. O pior que ninguém mais mata por fome, o Pará é rico em outros alimentos. Escuto quase todos os dias que alguém almoçou ou jantou uma preguiça. Agora nunca vi uma preguiça morta e nem quero ver, mas imagino que sua carne não seja muita, pois ela é magrinha. Já peguei uma preguiça nos braços e não são tão pesadas assim. 
tive o prazer de conviver com algumas que ficavam em casa até se recuperarem, estavam muito debilitadas. Elas viajam por horas e até dias com os pés e mãos amaradas para traz. E quando chegavam elas não conseguiam voltar ao normal, depois de muita massagem e carinho elas iam recuperando as forças e voltavam a seu habitat natural. Não pude continuar com esta busca, sei que foi algo leviano de minha parte em achar que tinha alguma preparação em ajudá-las, mas acredite não havia ninguém que as socorressem. Claro que por covardia não continuei, fiz até vestibular para biologia, mas a faculdade que chegou até a ilha era uma fraude. Então não fui adiante por ter um certo receio, mas quem foi perdeu muito dinheiro. Pois ela deu um grande desfalque na cidade, não foi por falta de aviso, pois ao pesquisar sobre esta faculdade ninguém a reconheceu, mas esta é outra historia da falta de vontade dos governantes em ajudar seu povo. Hoje já não mais faço isso, também por não ser legal, não tenho o poder nas mãos de proibir e nem de denunciar, não posso de forma alguma. Triste mais é fato.


A preguiça é um animal dócil  não tem como se defender, estou falando da especie BENTA como chamam aqui. Ela é carinhosa com seus filhotes, a gestação dura onze messes. O filhote fica agarrado a mãe mais ou menos um ano, se alimentando somente de leite, a fêmea fica menos de um ano, já o macho até mais. Quando eles começam a desgarrar da mãe preguiça saem de seu colo por uns minutos e logo voltam a qualquer ruido. O filhote é um pouco agressivo e com suas garras afiadas tentam agarrar quem chega perto e tem uma força muito grande em suas garras. As unhas enormes que aparecem se forem cortadas sangram até a morte, pois há veias nestas unhas. Eles se alimentam de folhas novas, a Embaúba, a ingazeira, a figueira e a tararanga. A qual mais conheço é a Embaúba que as preguiças adoram muito mais, percebi isso. A caça a preguiça é proibida porem há muitos que apreciam sua carne e caçam a vontade aqui em Muaná, quando eles vão a caça pegam o que vir pela frente. Não respeitam a época de procriação, arrancam o filhote da mãe e os jogam longe, claro que eles não sobrevivem pelo fato de não se alimentarem sós, ou então os vendem como animais domésticos  sim...Tem pessoas que os compram. Quando a preguiça é morta elas choram como crianças pequenas, dá para ver suas lagrimas escorrendo de seus olhos.
O macho tem uma enorme listra no seu dorso amarela e preto e se tocado solta um grito horrível que chega a incomodar a audição, para não dizer que deixa a pessoa maluca.
Ao contrario do que se pensa a preguiça não é tão devagar assim, ela se cansa facilmente e dorme a maioria do tempo, mas é muito esperta, primeiro ela estuda qual galho é o mais forte.
Foi uma experiencia maravilhosa minha convivência com estas preguiças, já faz uns dois anos que parei de correr atras das preguiças, pois não poderia arrumar confusão com os comedores. De uma revolta acabei me envolvendo, mas enquanto puder falar em favor delas continuo, pois não há lei que me faça calar. Só um detalhe tem gente com poder de impedir a matança que se alimenta deste animal.
O bicho preguiça não pode ser criado em cativeiro por conta própria  se não tiver experiencia e um certo tipo de cuidado ele morre, não chega a sobreviver por muito tempo, não há como tê-lo como animal de estimação, quem o comprar estará jogando dinheiro fora, pois este animal não se alimenta de comida, somente com folhas e não é qualquer uma, eles conhecem pelo cheiro e as venenosas eles não comem, conhecem direitinho, é incrível. Uma curiosidade é que eles não fazem suas necessidades fisiológicas  lá dos altos, descem até o chão fazem um buraco com o próprio rabo e ali descarregam. O odor é de folhas trituradas e chá de ervas.

Nossa escrevi até demais não é mesmo, enfim as preguiças me foram a minha luz em amor e determinação, gostaria de poder fazer mais por elas, porem me é proibido e posso prejudicar muita gente inocente que não mereceria. 
Os índios caçavam, mas ao menos respeitavam a época em que os animais procriavam e só matavam para saciar a fome, não por prazer e para acabar com a especie. Hoje os predadores naturais da preguiça já estão extintos, somente o predador homem que as assustam.


Amigos queridos agradeço a quem por aqui passou e deixou o seu carinho. 
Logo irei visitá-los.


Este selo ganhei da Luciana do blog HISTORIAS DE UMA BIPOLAR
com este selinho vem uma tag e suas regras:
1) linkar e elogiar a pessoa que te deu o selo - fácil
2) indicar 15 blogs para receberem o selo - Não irei indicar, pois sempre que indico a pessoa já o fez ainda mais que estou chegando quase no final,kkkkk, outra razão é pela qual nem todos gostam de memes e selos. Mas deixo aqui a disposição e ficaria muito feliz se alguém o levasse, sem pressão.

A tag é: Escrever sete coisas que você gosta:

Primeiro elogiando a amiga Luciana.
Luciana é uma pessoa que conheço virtualmente a pouco tempo, mas foi o suficiente para sentir que ela é uma pessoa de coragem, carinhosa e sempre muito gentil com as pessoas que vão até seu blog, sempre que vem por aqui deixa palavras carinhosas e sua opinião a qualquer assunto que escrevo, amo isso. 

Agora sete coisas que gosto.

1- gosto de conversar com pessoas mais velhas, sempre gostei e agora estou conversando comigo no espelho.
2- gosto muito de agradecer a Deus a todo instante, não quero que ele pense que não percebo as pequenas coisas que me faz todos os dias.
3- gosto de conversar com meu marido, mesmo com as discordâncias, ele respeita minhas opiniões. Aprendo muito com ele.
4- gosto de fazer algumas coisinhas para ver minha família surpresa e feliz.
5- gosto de ficar em um lugar bem sossegadinho para ler um bom livro.
6- gosto de estar por aqui, fico chateada quando não posso.
7- gosto de chegar aqui e ler que alguém gostou do que escrevi, por mais bobo que possa me parecer.

Luciana querida espero que tenha feito certinho e que você não fique triste por não indicar os 15 blogs, espero que entenda minha decisão. Eu adorei participar, pois gosto muito mesmo, estava até com saudades de participar. Muito obrigada pelo carinho em ter me indicado, adorei.
Beijinhos.



21 de março de 2013

“Diga-me com quem tu andas e direi quem tu és” ... Será?

Não ofenda, não julgue as pessoas pelo "o que ouviu falar destas".
(Cidade dos Anjos)


Olá queridos amigos, eu sei que estou em falta com vocês e nem quero começar a reclamar da minha net, estou morrendo de inveja do maridinho que colocou uma nova net lá na fabrica e esta super potente... Ai ai. 

Já voltando ao normal às coisas aqui em casa, niver já passados e muito felizes os dias dos dois amores, agradecendo em seus nomes o carinho e desejos de todos, obrigada pela gentileza. Vemos tantas pessoas indiferentes e às vezes uma gentileza passa despercebida pela pessoa que a transmite, mas para aquela que a recebe é de grande alegria, sou assim fico comovida pela atenção de todos. 

Pena que mais pessoas sejam assim, que nem todos sejam impassíveis com a alegria ou tristeza dos outros. 

Esta semana estava conversando com uma moça muito inteligente e carismática por demais, gostei de conversar com ela. Porem ela me fez um comentário. Achava-me uma pessoa legal, que não era pavulagem (metida), mas não entendia do porque eu teria amizade com uma pessoa que na visão dela não seria uma boa companhia. Fiquei de boca aberta e expliquei o porquê. 

Vejam bem sou uma pessoa tranquila, não falo palavrão e nem gosto de certos tipos de brincadeiras. Não sou despudorada só que sou assim e pronto, mas não quer dizer que não pode escrever ou falar um palavrão perto de minha pessoa. Não julgo as pessoas e nem tento mudar alguém, as pessoas tem o direito de serem e fazerem o que bem entenderem.

 “Diga-me com quem tu andas e direi quem tu és
Dito popular.


Este ditado popular já virou um clássico aos pais que não querem seus filhos em má companhia, porem da boca de minha avó e avô nunca, eles eram de outro planeta, penso eu. 

Quanto a minha explicação, escrevo o que penso sobre isso, não escolho minhas amizades, as pessoas me procuram e de todos os tipos de indivíduos, não posso evitar, elas sentem segurança em minha companhia, a pessoa em questão é muito sofrida e vive fazendo coisas erradas, ou melhor, fazia. Ficamos horas filosofando e ela me confiou cada coisa que penso que não falaria se não sentisse meu carinho sem julgamento, não julgo dou carinho e a pessoa muda. Como observo que ela mudou e muito. 

Como que vou afastar uma pessoa que não é igualzinha a mim, se no momento o que ela mais precisa é de uma amiga. 

Em Santa Catarina havia chegado de mudança e estávamos fazendo reforma antes de nos mudarmos de vez, logo a esposa do senhor que era tipo um sindico do local, disse que não era para dar confiança para minha vizinha da casa a direita porque ela roubava marido dos outros, achei super engraçada a situação, todos os dias  lá estava ela com um belo sorriso me desejando uma boa tarde. Quando peguei férias resolvi fazer uma faxina em meu jardim e como ela ficava à tarde em casa, tive a oportunidade de conversar e conhecê-la melhor. Gente! Ela em um dia de conversa abriu seu coração, eu fiquei comovida por ter me confidenciado sua vida. Havia tanta tristeza dentro de seu coração que cheguei a chorar ao seu lado, ela não era nada daquilo que falavam. Depois disso me aconteceu uma situação muito grave que perdi o chão e foi ela que me estendeu a mão na hora que mais precisei de alguém. Ficamos grandes amigas. Quer conhecer melhor a historia esta AQUI.

Não feche seu coração para alguém que não seria uma boa companhia para sua pessoa, não se importe o que as pessoas vão achar. Às vezes essa pessoa precisa de uma palavra amiga, de alguém em quem confiar. 

Faço minhas próprias avaliações e não escuto fofocas, se posso ajudar de alguma forma eu ajudo. Eu sou assim, mas aprendi ainda mais com minha amiga. 

Uma vez quando tinha uns dezessete anos, cheguei à casa de minha avó e lá estava uma andarilha sentada em sua mesa fazendo um lanche. Ela havia batido na porta da minha avó só para pedir água para seu cachorro, estava com uma lata de sardinha na mão. A vó Tina a puxou para dentro de casa, deu comida e água para seu cachorro, mandou-a tomar um banho, deu-lhe roupas limpas, lhe preparou um lanche e estavam lá em altas conversas. Sim minha fofa Tina era assim. Quando chamava sua atenção quanto a isso, que um dia ela abrigaria dentro de casa um bandido, ela me dizia que Deus a protegia de todo o mal e não deixaria de ajudar. Não posso dizer que faria a mesma coisa, hoje esta tão perigoso confiar, mas não fecharei meu coração a ninguém que procurar por minha ajuda ou amizade, não mesmo. E depois Deus também cuida de mim... 


Deixo o meu carinho e amizade para você que me faz tão feliz.
Beijos e abraços.



Imagens do Google.

15 de março de 2013

Vamos conversar?


Olá meus queridos amigas(os).
Não estava conseguindo entrar, pois minha net esta roxa de tanto cair, foi um horror esta semana. Até a radio local não estava funcionando, dizem que foi por causa das caídas da net ( já estamos intimas), é que a antena é usada para tudo. Muita chuva em Muaná, estou até enjoada de tanta água. Estes dias que estive ausente aproveitei para deixar o trabalho em ordem, graças a Deus a luz colaborou. Morar em uma ilha não é tão fácil assim, ainda mais se é viciada na internet.
Esta semana também foi aniversario do maridão e de casamento também, bom casamento é maneira de falar porque na verdade nem somos casados oficialmente, apenas resolvemos morar juntos e foi no dia do aniversario dele que o deixei  trazer suas coisas para minha casa e desde então estamos vivendo. Seu argumento era que eu estava perdendo tempo de ser feliz e ele estava certo. Foi durante a semana então não conseguimos festejar, resolvemos abrir mão e festejar o aniversario da filhinha que também faz este mês.

Fui até um blog de uma amiga que há muito não visitava, já faz um tempinho que comprei dois colares dela, belíssimos, ela usa sementes de acaí, muito original e de ótima qualidade. Claro que minha filhona ficou com um deles.
Conheçam minhas bijuterias em sementes de açaí

  seu blog é o Vannabiju e o nome dela é Ivana.

Tem cada coisa linda lá que fiquei atentada a fazer mais uma encomenda.
E se resolver comprar pode confiar, ela é uma fofa e a encomenda vem bem rapidinho, imaginem na ilha de Muaná é um milagre chegar tão rápido. Como o livro do Christian que quando vi meu maridinho trazendo um pacote do correio nem quis acreditar que meu livro havia chegado.



Aproveitando os aniversários aqui de casa, 
deixo um abraço para os aniversariantes de março 
e um maravilhoso fim de semana para quem por aqui passar.
Beijinhos.


10 de março de 2013

DOIS ANOS.

2ª ANTOLOGIA LITERÁRIA ESCRITOS LISÉRGICOS


Estamos sempre em comemoração, há sempre acontecimentos importantes das quais fazemos questão de festejar com amigos e familiares, as vitorias conquistada a cada ano. Festejar um aniversário é como agradecer a Deus por mais um ano vivido. 

Em comemoração eis um projeto idealizado, um blog e que acaba por fazer dois anos de existência,... Apenas dois? Sim para um projeto de sucesso um ano, dois anos já é uma conquista, onde se sente que foi aceito e já querido por tantos seguidores. Textos por você registrados, sua opinião reverenciada. Dois anos de inúmeras postagens, milhares de comentários que nos leva a compreender que em um blog há responsabilidades com o publico que o segue, passa a se preocupar com os conteúdos, sempre o melhor para estas pessoas que por incrível que pareça gostam do que leem, gostam do que veem e se identificam com milhares de pensamentos seus e melhor é que ao conhecer seus espaços percebe o quanto você também se identifica com elas. É uma troca de valores, é uma troca de conhecimentos. Dois anos que realmente valeram a pena a cada noite insone. 


Parabéns Christian pelos dois anos de blog, é um prazer fazer parte de seus seguidores. Beijos. 

Quer participar desta BC proposta pelo Christian do blog Escritos Lisérgicos é só acessar este link para entender melhor: 



Maravilhoso domingo para quem passar por aqui.
Beijinhos e abraços. Obrigada pela visita.
V&V

8 de março de 2013

SOU MULHER...

 

Sou mulher 
De saia rendada e coração agitado cheguei 
Sou mulher. 
Os anos passando de cabelos brancos e marcas no rosto sim... 
Sou mulher. 
Sem vergonha, recatada, esposa, amante, mãe, filha, amiga, completando...
Sou mulher. 
Na vida muita alegria, nas lembranças uma saudade e na alma nem imaginas é... 
Sou mulher. 
Não me entenda só lhe peço, paciência é progresso para chegar ao coração desta mulher. 
Aqui me despeço com beijos e abraços, carinhos exagerados afinal... 
Sou mulher.
V&V


Somos mulheres de todas as cores e amores.
Abraços e beijos a todas as mulheres, amigas, parceiras e visitantes.
Um belo dia das mulheres a todas.

Um presente para você mulher.
Leve com todo meu carinho e ofereça a alguém que admira como mulher.
Eu ofereço a Elaine do Blog De dentro pra fora. Apesar de ela estar ausente a admiro muito por sua luta, é uma mulher de coragem.

7 de março de 2013

Num sei, só sei que foi assim... (chicó)


Tem dias que tu pensas que vai ser mais um dia como outro qualquer, fazendo as mesmas coisas e tudo o mais. Mas aqui em Muaná é só dar uma voltinha e dar um dedinho de prosa com um morador antigo que você ouve muitas coisas, talvez absurdas para alguns, mas para minha pessoa é rende um bom assunto por aqui. Bom, estava euzinha cuidando de minha própria vida, quando de repente chegou um senhor com o nome de Clemente Magno, uma pessoa bem simpática e que já foi se achegando e conversando, ele se apresentou como o homem que morreu e voltou do inferno e ainda pegou na barba de São Pedro. Fiquei sem entender, pedi mais detalhes e ele relatou a seguinte história: 


Primeiro deixando bem claro que tenho lá minhas dúvidas quanto à veracidade desse causo. 


Mas como diria Chico Chicó (personagem de Ariano Suassuna em O Auto da Compadecida): "Não sei, só sei que foi assim...!”. 


A mais ou menos três anos seu Clemente foi a uma festa lá pelas bandas de mocajatuba um local de Muaná, passou a noite inteira bebendo e dançando com uma turma de conhecidos, quase já pela manhã resolveram retirar-se para outra direção para poderem continuar com a bebedeira, uma vez que começam a beber não param tão cedo, bem mais tarde o grupo resolveu sair daquele lugar, cada um foi para um lado com a promessa de se encontrarem em um ponto marcado. Seu Clemente querendo encurtar o caminho se embocou pelo mato bem próximo do rio e no meio do caminho simplesmente desabou desmaiando, que trágico sem ninguém para socorrê-lo, ficou ali largado sem vida. Um senhor que percebeu quando Seu Clemente adentrou no mato e não o notou sair pelo outro lado. Preocupado pela demora do infeliz mandou seu filho dar uma espiada e logo depois para sua surpresa, o filho veio correndo dizendo que o infeliz do sujeito estava morto. Pedindo socorro alguns moradores correram para ajudar. O apanharam e o colocaram em um carro que estava passando, por um milagre porque aqui nesta ilha não havia muito carros, hoje ainda dá para contar nos dedos a quantidade de carros existentes na cidade, uma maravilha. Continuando, levaram o defunto para o hospital e lá diagnosticaram que realmente entrara em óbito. 


Fiquei olhando desconfiada, quase que dando uma gargalhada, porem como ele relatava o causo tão confiante em suas palavras, resolvi instigá-lo a contar mais. Perguntei se estava a frente de um morto vivo? Valha-me Deus!!!. “Claro que não” disse ele. Continuando disse-me que seu espírito foi levado por um mensageiro do diabo, chegando ao inferno foi mandado para cima, teria que passar primeiro pelas portas do céu, lá decidiriam para onde iria realmente, descreveu o paraíso como um lindo lugar cheio de montanhas e muita natureza, Contudo São Pedro de uma enorme barba chegando quase até aos pés e muito branca, na qual ele dera um puxão, o expulsou imediatamente dizendo que ali não entraria que o seu lugar seria o inferno. Não teve jeito Seu Clemente acabou retornando ao inferno. Ele mencionou que era de madrugada, mais ou menos três horas da manhã. Voltou ao inferno e se deparou com uma linda diabinha, totalmente negra, O diabão (conforme seu Clemente o chamava) o alertou que não mexesse com capetinha, já que seria ela a tomar cuidado de todo inferno. Seu Clemente apaixonado querendo chegar mais perto quase acaba caindo em um enorme abismo sem volta, poderíamos afirmar conforte a igreja declara que seria o purgatório? Ele não saberia dizer ao certo. O diabão olhou para seu Clemente contemplativo e pausadamente lhe explicou que não poderia ficar no inferno também. Neste impasse de arranjar um lugar para seu Clemente ficar, sendo que nem no céu e nem inferno o quiseram, resolveu mandar seu Clemente novamente para seu corpo e ressuscitá-lo para que o Céu e o inferno pudessem resolver mais tarde para que lugar seu Clemente tiver direito a morar para toda eternidade.

       Clemente magno
  
  E assim foi feito, seu Clemente retornou da terra dos mortos e ficou conhecido como o morto vivo, aquele que foi rejeitado pelo Diabo e por ter puxado a barba de São Pedro não pode entrar no reino dos céus... E foi assim que me contaram... Sem tirar, nem por...








 SERÁ????


Régia (mentiras de Chicó) - O Auto da Compadecida

Imagens do google
Um carinho, um abraço e muitos beijinhos para você que vem aqui.
Dias de muita paz, dias de muita fé.
Que Deus os abençoe e proteja de toda maldade deste mundo.
Meu abraço especial de urso a amiga Sheila.
(Abraço de urso é bem apertadinho e se dado com carinho, ele se torna terapêutico.)

5 de março de 2013

Vale a pena ler de novo ... Meu cachorro conhecedor de índoles.



Para refletir: “Os cães são o nosso elo com o paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz!”
Autor desconhecido.

Shivan


Hoje escutei um barulho em meu portão um homem alcoolizado atirou uma garrafa, era cacos para todos os lados. Na verdade ele queria acertar meu cachorro. Quando este homem passa meu cachorro fica com muita raiva e late como se quisesse acabar com ele. É uma raiva inexplicável.
Chamam este homem de mata sete, ele matou a esposa e mais seis filhos e colocou fogo na casa para pensarem que fosse um incêndio. Já faz muito tempo isso e hoje ele já esta solto, depois de passar anos preso. Hoje fica perambulando pela rua, ninguém da família o quer.
Mas dentro dele deve existir alguma coisa de ruim e os animais sentem isso. Meu cachorro é muito bonzinho quando as crianças saem da escola, que fica bem pertinho de casa, ficam horas no meu portão fazendo carinho nele, ele até aprendeu dar a patinha quando elas pedem. Mas tem algumas pessoas que simplesmente ele não suporta, e cá entre nós as vezes dou razão para ele,( risos).Como seria se pudéssemos escolher as pessoas pelo faro como os cachorros, poderíamos nos privar de amigos de mentirinha...

Escrito em agosto de 2011

Hoje o senhor citado acima se encontra em uma casa de repouso em Belem.




Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e 
Tudo se perderá.

Charles Chaplin
------------------------------------------------------------------------------------------------------

A quem por aqui passar leve todo meu carinho.
V&V

3 de março de 2013

Esta casa não me quer...

Cheguei para o maridão e disse que iria me mudar, ele olhou-me assustado e perguntou-me do porque daquela maluquice.

Comecei a relatar a ele que a casa não me queria, durante a semana ela me provocou muito. Fui tomar banho e quando estava toda ensaboada a água terminou e não poderia acontecer isso porque temos caixa d'água. No outro dia fui abrir o portão para entrar em casa e não abria de jeito nenhum e quando pedi socorro para a filhinha, ela veio e conseguiu abrir. Mais uma o vaso sanitário do meu banheiro esta vazando e tenho que deixar o registro fechado se não alaga o banheiro. Passo aspirador pela casa toda e quando olho para trás esta toda suja novamente. Quando fui entrar para a sala a porta bateu na minha cara e tem mais ontem choveu em cima do meu micro-onda. E continuei penso que esta casa esta de mal comigo e não me quer por aqui, então ela venceu estarei de partida o mais breve possível. Claro que quando terminei ele riu muito e me disse: “Não colou.”. 

Como assim não colou? Não consegui entender depois de minha reclamação e fatos consumados os quais provavam que a casa estava contra minha pessoa e estava fazendo terrorismo para que me retirasse o mais breve possível, era sim... : ) 

Na hora ele me provou que estava totalmente perturbada com mania de perseguição. Ele começou assim: --Se não saiu água do chuveiro porque você deixou a caixa secar e não a colocou para encher --não conseguiu abrir o portão porque usou a chave errada, no chaveiro tem varias chaves parecidas, é só prestar atenção. --Seu vaso sanitário esta com defeito e já havia lhe avisado para não abrir o registro, pois vou trocá-lo e nem era para usar aquele banheiro por enquanto. -- Se ao passar aspirador e novamente estar cheio de pó é porque você deixa a porta aberta e o pó da estrada sempre entra novamente e sempre escuto as mulheres reclamando do pó da estrada. -- A porta bateu por causa do vento já avisei para quando permanecer a porta aberta é para engatar no encaixe dela, pois esta porta esta rachando de tanto bater e já mudei a telha, não choverá mais no micro-onda. 

É posso ter exagerado um pouquinho, afinal quem nunca teve estes tipos de probleminhas em casa? Claro que tenho que prestar mais atenção em alguns detalhes, com certeza. : )))


Bom este texto foi uma brincadeira que começou entre eu e meu marido, estava tentando convencê-lo a  pagar-me uma passagem de ida e volta para Santa Catarina a passeio, porem ele me disse que era para tentar, eu tentei... Não é mentira tudo isso aconteceu, mas teve explicação (risos).


Paciência para as dificuldades
Tolerância para as diferencias
Benevolência para os equívocos
Misericórdias para os erros
 Perdão para as ofensas
Equilíbrios para os desejos
Sensatez para as escolhas
Sensibilidades para os olhos
Delicadezas para as palavras
Coragem para as provas
Fé para as conquistas
E amor para todas as ocasiões... 
Manoel
------------------------------------------------------------------------

Que Você tenha uma Semana Maravilhosa!

Leve meu carinho e amizade.

Beijinhos.