28 de setembro de 2016

De reflexo elas se transformaram espelhos...


Olá queridos que por aqui ainda passam, dei um pulinho aqui porque me bateu uma saudade e uma vontade de escrever. Escolhi este blog porque ele faz parte de mim e é quem sou. Não prometendo ficar, porque estou ainda estudando e não dá , por enquanto, me comprometer com este espaço que amo. Ano que vem me formo e esta estrada não esta nada fácil. Este ano perdi meu pai biológico em maio, meu irmão mais velho em julho e faz apenas um mês que minha mãe biológica faleceu. Sentimentos totalmente confusos. Seguindo em frente e dando o meu melhor. 

Tenho saudades de todos, vocês foram meus companheiros nesta caminhada, obrigada pelos comentários e até qualquer dia. Eu não mudei, amadureci ainda mais.

Beijinhos da Verinha.



Quem disse que eu me mudei?
Não importa que a tenham demolido:
A gente continua morando na velha casa em que nasceu.


fonte clique aqui



 Tenho muito orgulho de nossas filhas, elas são tudo que sempre sonhamos. Amo cada passo que elas dão e acima de tudo o caráter de cada uma. Elas são diferentes, cada uma com seu estilo, bondade, coragem, sensibilidade,  suas teimas e rabugices. Há sim não caíram longe do pé, todas tem os nossos defeitos e qualidades, mas são melhores que nós. Deu para entender? Não? Então explico.
Somos espelhos de nossos filhos, por isso devemos como pais educar, ensinar valores, alertar sobre o perigo, cuidar de sua saúde e moldar o seu caráter. Não se deve esperar que ele desenvolva e descubra isso tudo sozinho, pois muitas coisas que não poderemos protegê-los os aguarda. O mundo não é tão fácil como se pensa, as pessoas não são tão maravilhosas como se espera, eles encontraram amigos de todos os tipos, colegas de todas as classes com suas ideologias, suas crenças e valores. Cairão em algum momento do caminho, mas você estará por perto para somente levantá-lo para que uma hora ele possa se manter em pé sem sua ajuda. Terá que explicar porque algumas pessoas que se gosta passam por cima da pessoa para vencer na vida, porque o mundo é tão cruel, porque pessoas traem se você foi educado a não trair. Vai ser tantos porquês sem respostas, infelizmente você não as terá o tempo todo. Não é nada fácil criar um filho neste tempo, nesta época onde nada mais assusta nada mais é novidade e tudo parece tão normal. Tudo se sabe e tudo se vê.
A maldade chega até você de uma forma onde menos se espera, vem através de pessoas que você às vezes até admira. Então você tem que explicar que pessoas são falhas, que a maldade não dura para sempre. Porque você sabe que algumas pessoas que são lindas por fora são apodrecidas por dentro e outras que você julgou pela aparência são pessoas espetaculares, mas seu preconceito o impediu de conhecê-las melhor. Pessoas que roubam a felicidade do outro um dia vai chorar. Que por mais que você esteja no topo um dia vai cair se não prestar atenção onde estiver pisando. Que não se constrói a sua felicidade em cima da felicidade alheia, porque é a lei do carma, tudo que se planta colhe. É dever seu fazer com que seu filho lute pelo próprio sucesso e se não der certo é porque não era para ser dele, algo melhor o aguarda, pelo menos ele tentou e não mentiu para ninguém ou ainda pior para ele mesmo.
E é assim que meus amores são melhores do que somos, porque de reflexo elas se transformaram espelhos.
Simples assim.
Texto: Verinha LuTi.

6 de abril de 2014

NOVO BLOG ... ULTIMO POST


Esqueci que o tempo cura tudo, assim já ouvi falar, mas tem um porem nesta frase. Não adianta o tempo passar e ficar-se remoendo vivendo no passado. Nada vai ser curado. 

Então como fazer para esquecer, bom a formula correta eu não tenho, nem sei se existe algo assim. Já li alguns livros de auto ajuda ou algo parecido e lendo vi que tudo é tão perfeitinho por ali. Me pergunto se aquelas palavras já fez bem a alguém ou simplesmente a irritou como aconteceu comigo. Falar bonito todos falam e viver aquilo que se fala ou escreve não é tão fácil assim. Um dia conversando com uma pessoa ouvi a frase " o mal se corta pela raiz" fiquei meditando sobre o significado dela. Talvez entender o que realmente o esta incomodando e acabar de vez com aquela raiz, que como uma erva daninha invade a mente e polvilha a tristeza e a depressão. 

Não pude acreditar que a depressão pudesse invadir minha vida e que a tristeza havia de me consumir, mas o diagnóstico do doutor me dizia isso claramente. Mas como assim, perder o interesse pelas coisas, pela vida, deixar para depois o que faz feliz, chorar compulsivamente lendo uma bula de remédio, isso se torna grave? Para alguns sim pois levam até a morte. E eu? tão feliz tão cheia de vida e me deparar com uma tristeza que foi consequencia de vários fatores que no decorrer da vida, vivemos e a cada problema nos sentimos fortes para resolver. Na minha avaliação de meu eu, sinto que quis carregar o mundo nas costas e não pedi ajuda. Devemos dividir responsabilidades tanto com o marido ou esposa e com os filhos também. Não existe mulher maravilha e o sexo feminino tem as suas fragilidades apesar de aparentar ter mais força mentalmente do que um homem. Os problemas psicológicos vem também a de se transformar em esponja e absorver o problema alheio e se deixar afetar por eles. Não posso levar um mundo nas costas e nem esperar demais das pessoas. Cada pessoa carrega dentro de si o que há de melhor e pior. Tem algumas que deixam extravasar o pior dentro de si e acabam bombardeando quem esta a sua frente, na verdade aconteceu comigo e não estava preparada para tamanha dor, minha armadura estava no concerto e estava totalmente indefessa. Como um general que confia toda sua vida em seu comandante e este o apunhá-la pelas costas, lembram do "até tu Brutus?".

Bom vivendo um tempo de angustia e ressurgindo que uma época de tormenta mais uma vez estou me reerguendo e torcendo para que seja a ultima, ainda assim não quero pena somente compreensão, na semana passada estava com dó de minha pessoa, porem me abracei e disse que tudo ficaria bem. Os braços de meu marido e da filhinha foram meu apoio nestes messes de tristeza e decepção, mas ainda acredito em um mundo colorido onde pessoas boas se encontram todos os dias e este mundo é a blogosfera e por este motivo estou retornando e convidando a todos que passarem por aqui, a conhecer meu novo blog e a continuar ler minhas bobagens e continuar uma amizade virtual, porem podem acreditar que para mim é totalmente real e que faz muito bem para minha alma.




Obrigada pelo carinho e peço desculpas pelo pequeno desabafo, que será o ultimo. 

Blog novo alma feliz.

Aumentando um ponto

Clique no nome do blog
Aumentando um ponto

Beijinhos da verinha (que já esta velhinha)




Este com certeza será o ultimo post deste blog.

Obrigada a quem permaneceu comigo e espero lhe ver por lá no meu novo cantinho.
Este não vai ser excluído, quero mante-lo como um diário de lembranças felizes.